segunda-feira, março 2

Erasmus


...Sao tantas coisas que nem sei por onde começar ...
Primeiras impressões...organizado, degradado, sujo e mais que super alternativo!!!
Hoje vim a descobrir que nao era tao sujo quanto parecia, afinal era domingo e as ruas nao sao limpas aos domingos...
Ja me perdi e encontrei mil vezes em dois dias, acho que nunca andei tanto tempo a pe em toda a minha vida!!
Budapest tem imensas pastelarias, em todos os cantos, com todo o tipo de pao e doces que possam imaginar...tem um chocolate quente maravilhoso e um vinho aquecido com especiarias de beber e emborrascar por mais...
Acho que vou sair daqui sem saber uma unica palavra de hungaro como deve ser porque quando acho que finalmente estou a conseguir ler tudo bem e a respeitar os 15 acentos que aquela palavra com 22 letras e 5 k's tem, eis senao quando...ninguem te percebe porque afinar o "...cksz" nao era bem "...cksz"
Ohh God! É tao dificil fazer-me entender nas ruas...perguntar indicações é qualquer coisa de inatingivel!!´
Mas as pessoas aqui sao mesmo super atenciosas...(nada bimbas por sinal, ao contrario do que se diz nao ha ninguem de soquete ai na rua, miudas bem giras!!!! - nada de ideias bacas!)
a comunidade erasmus daqui é qualquer coisa!
Ontem, quando cheguei, souberam pelo cristiano e combinaram na coffee shop ca do sitio e la fui eu, nao eram todos mas eram todos os da minha faculdade....
Ha um bar mesmo em baixo de minha casa o "morrisons" onde todos os erasmus de budapest se juntam as segundas feiras...e guess what? hoje é segunda feira por isso amanha terei seguramente muito mais noticias para dar!!
Por agora conheco um alemao anti-alemanha, um sueco preto, uma hungara, um frances anti-hungaros e um brazileiro chill-out.
Muito muito simpaticos...nunca me deixaram sozinha, levaram-me a todo o lado, ajudaram-me a encontrar o inencontravel gabinete de erasmus (imaginem um gabinete de relações internationais em que todas as indicações incluindo o nome esta escrito em hungaro....muito util!!!) e no fim trouxeram-me a casa para nao me perder de noite.....real something ha?
Soffs, de facto ha coisas que impressionam.....nao ha maneira de vos explicar as balas cravadas nas paredes espalhadas por toda pest.......
Pest tem a maior comunidade de judeus da europa do pos-guerra.... e é principalmente neste bairro que estao cravadas as balas de 56....
é tambem aqui que ha mais pessoas a pedir nas ruas....nunca tinha visto nada assim............deitam-se no chao de barriga para baixo, cobrem-se completamente e com os braços estendidos para a frente juntam as maos como numa preçe e vao pedindo como se pedissem a um Deus qualquer....
ha pobres muito pobres aqui..............
Tambem ha muito frio!!!! Muito!!! E eles dizem que eu vim numa semana de tempo bom, que isto é mesmo uma raridade.... (eu nem quero imaginar pq neste momento estao -2 la fora!!)
Ja nao tenho casaco que aguente...o pior sao mesmo os segundos em tiro as luvas para telefonar a alguem ou para procurar alguma coisa na mala, gelo completamente!!
Bem e por hoje é tudo podia contar-vos as minhas aventuras perdida nesta cidade enorme mas nao saia daqui
Um beijinho
Joaninha

3 comentários:

ana disse...

Bom dia minha querida

É bom saber que a comunidade ERASMUS daí a apoiou no 1º momento. É muito bom sentirmos que não estamos sozinhos neste pedaço de vida... ajuda a seguir em frente,... Parece que está bem instalada e apoiada e isso tranquiliza os nossos corações que estavam muito apertadinhos na hora da sua partida. A casa está MUITO vazia sem a sua presença...mas enche cada vez que ouvimos a sua voz.
tudo de bom para si
beijinhos

Ana
Um beijinho muito grande

cumplicidades disse...

=) =(

Teresa disse...

2 coisas:

1. fico muito (muito) mais descansada por saber que te não te deixam sozinha... really, era o que me preocupava por vocês...

2. realmente fiquei na dúvida entre a manta e uma bússola, mas da bússola já não precisas daqui a uns dias. Quanto à manta... enfim, aqui também está fresco... 13ºC! hahahahaha